10 Julho, 2017

Rui Moreira quer mais vitórias nas freguesias do que em 2013

A intenção declarada de Rui Moreira surgiu no encerramento da apresentação das listas completas às assembleias de freguesia. O candidato à Câmara do Porto acredita que é possível que o movimento independente ganhe as nove listas ao círculo autárquico do Porto, superando o resultado eleitoral de 2013, quando apenas não ganhou duas juntas de freguesia. Mas adverte: “Temos muito que trabalhar. Até dia 1 de Outubro estamos todos empatados”.

Ler Artigo Completo

Partilhar

Câmara Municipal, Assembleia Municipal e sete Assembleias de Freguesia perfazem um total de nove listas ao círculo eleitoral autárquico do Porto. Em 2013, o movimento independente venceu sete listas na cidade, não tendo apenas atingido o pleno nas juntas de freguesia de Paranhos e Campanhã. Agora, Rui Moreira acredita que a vitória da totalidade das candidaturas está ao alcance dos independentes.

Certo de que este cenário é possível, todavia, o candidato à presidência da Câmara do Porto observa com prudência o momento presente, sem embarcar em euforismos. “Neste momento temos zero votos”, e única certeza que Rui Moreira tem é que “até ao dia 1 de Outubro estamos todos empatados”. Alertando para as dificuldades que os movimentos independentes enfrentam no âmbito das candidaturas eleitorais, Rui Moreira lembrou que O Nosso Partido é o Porto necessita recolher assinaturas que validem a candidatura.

“Temos que saltar mais barreiras. Não podemos falhar, pois cada assinatura conta. A própria recolha de assinaturas é um acto eleitoral maravilhoso. É necessário, por isso, mobilizar todos os portuenses”, apelava este final de tarde às centenas de presentes que encheram a sede de campanha. Um sprint que deverá decorrer num curto espaço de tempo, em menos de um mês, uma vez que até ao dia 7 de Agosto têm que dar entrada no Tribunal Administrativo cerca de 20 mil assinaturas de eleitores portuenses subscrevendo a candidatura independente.

“Ao fim de quatro anos, podemos puxar os galões e dizer que a cidade mudou”

O movimento independente foi a primeira força política da cidade a apresentar as listas completas aos diferentes órgãos autárquicos. Uma constatação que Rui Moreira não deixou passar em branco, evidenciando o seu orgulho pelo facto de “termos sido os primeiros a apresentar o jogo todo”. Admite que em 2017 a campanha será mais difícil, “porque a nossa ambição é maior” e também porque os independentes estão agora no poder. Sabe também que “não há favas contadas, como alguém disse”.

Mas há também uma certeza que Rui Moreira tem, e foi com essa ideia que finalizou a sua intervenção na apresentação das listas completas aos candidatos das freguesias. “Ao fim de quatro anos, podemos puxar os galões e dizer que a cidade mudou, que está mais feliz consigo própria. O Porto vive muito este momento de afirmação”, concluiu.

Esteja a par das novidades
do nosso Porto nas redes

O meu Partido
é o Porto

×

Eu Quero Ir

×

Quer ser convidado para as acções de campanha de Rui Moreira?
Faça parte do grupo de cidadãos independentes nesta caminhada até dia 1 de Outubro.

Preencha os seus dados em baixo

Eu Quero Ajudar

×

Quer ser voluntário na campanha de Rui Moreira?
Indique-nos a sua disponibilidade e será contactado.

Preencha os seus dados em baixo

Eu Quero Doar

×

Quer participar financeiramente para esta campanha?
Envie-nos os seus dados e entraremos em contacto consigo para lhe explicarmos como pode fazê-lo.

Preencha os seus dados em baixo

Eu Quero Falar

×

Dê a cara pelo seu Porto. Grave um vídeo com a sua opinião (pode ser com o seu telemóvel), carregue-o no Youtube ou Vimeo e envie-nos o link, depois de nos deixar os seus dados. Ao fazê-lo, autoriza a candidatura a usar partes ou o todo para publicação no site e redes sociais. Para falar com o Porto é por aqui.

Preencha os seus dados em baixo