15 Setembro, 2017

“A prática de desporto no Porto é de todos e para todos”, diz Nuno Lemos

Nuno Lemos assumiu ontem o papel de moderador das Conversas à Porto sobre Desporto, na sede da candidatura independente. O candidato à lista da vereação de Rui Moreira fez ainda um diagnóstico clarificador sobre o trabalho que a Porto Lazer desenvolveu e apoiou nesta área nos últimos quatro anos. “O número de modalidades praticamente duplicou, de 32 para mais de 50”, revelou Nuno Lemos.

Ler Artigo Completo

Partilhar

A sessão que voltou a encher a sede de campanha independente para mais uma Conversa à Porto tratou sobre o Desporto na cidade. Um tema transversal a todas as idades e que, cada vez mais, desperta o interesse de um número generalizado de pessoas.

Nuno Lemos aproveitou o momento para apresentar o trabalho que a Porto Lazer, empresa municipal em que desempenha as funções de administrador, tem desenvolvido neste âmbito. Começou por anunciar que em 2017 a cidade tem à sua disposição 17 infraestruturas desportivas, divididas em três grandes redes: piscinas (Cartes, Constituição, Eng. Armando Pimentel); pavilhões (Leonardo Coimbra, Fontes Pereira de Melo, Nicolau Nasoni, Irene Lisboa, Pêro Vaz de Caminha, Lagarteiro e Viso); e grandes campos (Campanhã, Pasteleira, durante 15 horas por semana, Choupos, Parque Desportivo de Ramalde, FADEUP, Viso e Monte Aventino).

Esta rede tem, continuamente, sofrido intervenções de melhoria asseguradas pela Porto Lazer, que incluem mudanças nos pisos dos pavilhões, a reabilitação dos campos (de que é exemplo o da Pasteleira), a colocação de torres de iluminação (na Faculdade de Desporto), entre outras manutenções que asseguram a dignidade dos espaços.

EM 2013 HAVIA CERCA DE 300 MIL UTILIZADORES DE EQUIPAMENTOS DESPORTIVOS NO PORTO. EM 2016, O NÚMERO SUBIU ATÉ AOS 400 MIL.

Em quatro anos, registou-se um aumento de 32% no número de utilizações dos equipamentos municipais desportivos. Ou seja, mais 98 mil utilizações do que em 2013, um número significativo que, observando em conjunto com outros dados, nos informa que a utilização das piscinas aumentou neste período de tempo em 28%, e que a utilização de pavilhões e grandes campos registou uma subida conjunta de 43%.

Para Nuno Lemos é pois motivo de orgulho que todos os equipamentos desportivos geridos pela Porto Lazer tenham obtido certificação de qualidade, uma clara prova de “reconhecimento, confiança e garantia”, disse. Com mais motivos de regozijo ainda, não são só entidades externas que caracterizam desta forma a oferta desportiva do Município do Porto. Num inquérito de satisfação feito aos utentes, 97% confirma que as actividades são as adequadas, que os professores são competentes (98%), que no atendimento as reclamações são resolvidas eficazmente (94%), e que as condições de balneários e piscinas são muito boas (93%).

NO PORTO A VIDA É MESMO LONGA

Um dos programas do extenso rol de actividades desportivas municipais, que se enquadram na estratégia O Porto em Boa Forma, é o programa No Porto a Vida é Longa. Em específico, o programa destina-se à população sénior e, de acordo com Nuno Lemos, “encontramos utentes com mais de 85 anos”, acrescentando que “a componente social cumpre também um papel muito importante”. Mas há outros programas que Nuno Lemos referiu, como o Dias com Energia (aulas de relaxamento gratuitas que, inicialmente, existiam apenas em alguns meses do ano, mas que, dado o aumento da procura, passou a ter frequência anual); os Campos de Férias da Páscoa e do Verão, que têm recebido a adesão de cerca de 2000 crianças; ou o programa municipal de apoio ao desporto adaptado.

Numa cidade com uma malha associativa significativa, o CapacitaDes.Porto é um programa inovador que pretende “disponibilizar gratuitamente um conjunto alargado de instrumentos que ajudem a melhorar a gestão e funcionamento dos clubes, melhorando a sua capacidade de resposta, eficiência e funcionamento”. Neste momento, há 28 entidades e 7 parcerias para um projecto que foi lançado em 2016. O objectivo é que associações, clubes e colectividades se concentrem nos treinos, deixando tudo resto ao cuidado de profissionais especializados. No conjunto, são disponibilizados 16 serviços diferenciados.

No campo da organização dos grandes eventos desportivos, o Porto tem assegurado um posicionamento forte, referiu Nuno Lemos. Só nos últimos três anos, a cidade recebeu o Campeonato do Mundo de Motonáutica, o Super Especial do Rally de Portugal e, mais recentemente, o regresso da Red Bull Air Race, colocando, de forma indelével, o Porto como destino dos grandes eventos desportivos internacionais.

Esteja a par das novidades
do nosso Porto nas redes

O meu Partido
é o Porto

×

Eu Quero Ir

×

Quer ser convidado para as acções de campanha de Rui Moreira?
Faça parte do grupo de cidadãos independentes nesta caminhada até dia 1 de Outubro.

Preencha os seus dados em baixo

Eu Quero Ajudar

×

Quer ser voluntário na campanha de Rui Moreira?
Indique-nos a sua disponibilidade e será contactado.

Preencha os seus dados em baixo

Eu Quero Doar

×

Quer participar financeiramente para esta campanha?
Envie-nos os seus dados e entraremos em contacto consigo para lhe explicarmos como pode fazê-lo.

Preencha os seus dados em baixo

Eu Quero Falar

×

Dê a cara pelo seu Porto. Grave um vídeo com a sua opinião (pode ser com o seu telemóvel), carregue-o no Youtube ou Vimeo e envie-nos o link, depois de nos deixar os seus dados. Ao fazê-lo, autoriza a candidatura a usar partes ou o todo para publicação no site e redes sociais. Para falar com o Porto é por aqui.

Preencha os seus dados em baixo