23 Julho, 2017

Peripécias de campanha: a regular o estacionamento

A regulação do estacionamento não tem sido pacífica na cidade. O que isto tem a ver com a campanha eleitoral? Já vai saber.

Ler Artigo Completo

Partilhar

Há quem julgue que seria melhor manter o antigo sistema que não funcionava e que ninguém respeitava, deixando entrar na cidade dezenas de milhares de carros vindos de outras cidades e que ocupavam, o dia todo, os nossos lugares de estacionamento.

Hoje, já não é assim, os moradores têm direito a estacionar todo o ano por apenas 25 euros (chegava a ser 400 euros) nas zonas definidas para terem parcómetros, cuja delimitação foi feita em anteriores mandatos e que a actual vereação não alterou. Os outros, comerciantes e moradores em outras zonas, têm avenças especiais e mais baratas nos parques de estacionamento municipais, onde podem estacionar de forma prolongada por um preço mensal mais baixo.

São regras aplicadas em todas as cidades de média ou grande dimensão no mundo, que estavam em vigor no Porto, mas que não eram cumpridas, até à concessão e ao investimento feito no sistema. Uma medida que protege os moradores e que defende o comércio local, gerando rotatividade e dinâmica à cidade, sendo ainda um estímulo ao uso do transporte público.

A concessão tinha já sido tentada no anterior mandato liderado por Rui Rio, exactamente com as mesmas zonas, mas não apareceram concorrentes.

METRO E STCP EM CRESCIMENTO

O certo é que a STCP está agora em crescimento de passageiros pela primeira vez em décadas, o que vai justificar um forte investimento em frota (paga pelo Estado, antes da gestão passar para as Câmaras) e motoristas que tornarão a rede mais célere e menos poluente. Também a Metro está a ter cada vez mais passageiros.

APOIANTES DESVIAM CARRO DOS TRILHOS DO ELÉCTRICO

Mas o que isto tem a ver com a campanha eleitoral? Apenas uma pequena ironia. Se é certo que a Câmara procura disciplinar, há muitos que ainda não cumprem e estacionam de forma anárquica e pouco respeitadora.

Isso mesmo aconteceu ontem à tarde junto à Alfândega, quando passavam cerca de 80 apoiantes da nossa candidatura, incluindo o próprio Rui Moreira. Enquanto não chegava a polícia para rebocar o carro que impedia o eléctrico, repleto, a força do Nosso Partido é o Porto resolveu o problema, mudando de sítio o pequeno Smart.

 

Para os utentes portugueses do eléctrico, foi divertido, mas para os turistas que também viajavam, foi o total espanto saber que um candidato estava envolvido na “manobra”. Mais ficaram quando Rui Moreira lhes explicou em inglês, francês e alemão. “eu é que sou o presidente da Câmara”.

Uma última curiosidade, este não é o primeiro episódio semelhante. Há quatro anos, em campanha eleitoral, os braços dos apoiantes da candidatura de Rui Moreira já tinha desviado do seu lugar um carro, cujas donas não conseguiam retirar de um apertado e íngreme lugar de estacionamento…

Esteja a par das novidades
do nosso Porto nas redes

O meu Partido
é o Porto

×

Eu Quero Ir

×

Quer ser convidado para as acções de campanha de Rui Moreira?
Faça parte do grupo de cidadãos independentes nesta caminhada até dia 1 de Outubro.

Preencha os seus dados em baixo

Eu Quero Ajudar

×

Quer ser voluntário na campanha de Rui Moreira?
Indique-nos a sua disponibilidade e será contactado.

Preencha os seus dados em baixo

Eu Quero Doar

×

Quer participar financeiramente para esta campanha?
Envie-nos os seus dados e entraremos em contacto consigo para lhe explicarmos como pode fazê-lo.

Preencha os seus dados em baixo

Eu Quero Falar

×

Dê a cara pelo seu Porto. Grave um vídeo com a sua opinião (pode ser com o seu telemóvel), carregue-o no Youtube ou Vimeo e envie-nos o link, depois de nos deixar os seus dados. Ao fazê-lo, autoriza a candidatura a usar partes ou o todo para publicação no site e redes sociais. Para falar com o Porto é por aqui.

Preencha os seus dados em baixo