3 Agosto, 2017

“Foi uma grande lição de cidadania. Um trabalho que envolveu milhares de portuenses”, diz Rui Moreira

Esta manhã, às 10,30 horas, o Movimento de Rui Moreira partiu da sede de campanha, na Avenida dos Aliados, em direcção ao Juízo Local Cível do Porto, na Cordoaria, para formalizar a candidatura aos três órgãos autárquicos da cidade. A entrega do processo, dividido em dezenas de pastas carregadas com mais de 23 mil assinaturas e listas referentes a 334 candidatos, representa mais um obstáculo superado pelo Nosso Partido é o Porto. Como disse Rui Moreira, à entrada do Palácio da Justiça, “era importante que quem esteve connosco sentisse também agora o nosso agradecimento, com esta acção cívica de marchar pela cidade”.

Ler Artigo Completo

Partilhar

Reconhecendo que este é um “acto de campanha muito interessante”, o candidato à Câmara do Porto, Rui Moreira, enalteceu as centenas de apoiantes que, espontaneamente, participaram no processo de recolha de assinaturas, e que, também com ele e com os restantes 333 candidatos independentes, fizeram o percurso a pé entre a sede de campanha e o Palácio da Justiça.

Apesar das alterações legislativas terem obrigado a candidatura à obtenção das assinaturas em muito menos tempo, foram recolhidas pelo movimento de Rui Moreira aproximadamente 30 mil assinaturas, tendo sido validadas mais de 23 mil. Cerca de 7 mil foram eliminadas pelas equipas de validação, por conterem dados que ofereciam dúvidas ou por não estarem recenseados no Porto. Como referiu Rui Moreira, “neste momento, o Porto tem cerca 214 mil eleitores inscritos, todavia, de acordo com o INE este número corresponde à população residente na cidade”.

LEI AUTÁRQUICA OBRIGA OS MOVIMENTOS DE CIDADÃOS INDEPENDENTES A ESTE FORMALISMO

Em “contraste com os partidos, que não têm este problema”, disse Rui Moreira esta manhã, os grupos de cidadãos independentes ficam obrigados à recolha de assinaturas para a efectivação legal das suas candidaturas.

Ainda assim, o número de assinaturas recolhidas pelo Nosso Partido é o Porto para todos os órgãos autárquicos excede em 60% o mínimo exigido por Lei. Para a Câmara Municipal, o número de assinaturas apresentada superou em 84% o requerido.

Rui Moreira pôs especiais cuidados no processo, depois dos problemas registados noutros concelhos há quatro anos e da Assembleia da República ter aceite alterar alguns preceitos relativos às candidaturas independentes, a seu pedido. Desta vez, todas as folhas de assinatura tinham inscritas no verso as listas completas do órgão a que se destinavam: Câmara Municipal; Assembleia Municipal ou cada uma das Assembleias de Freguesia.

O processo de recolha de assinaturas envolveu dezenas de operacionais ao nível do concelho e das freguesias, representando, por si, uma notável capacidade de mobilização cívica da cidade do Porto. Em 2013, o movimento desenvolveu o processo durante quatro meses e, desta vez, em apenas um mês.

Concorrem às eleições autárquicas pelo movimento Porto, o Nosso Partido, além de Rui Moreira, 333 candidatos, distribuídos pelas nove listas apresentadas.

 

Esteja a par das novidades
do nosso Porto nas redes

O meu Partido
é o Porto

×

Eu Quero Ir

×

Quer ser convidado para as acções de campanha de Rui Moreira?
Faça parte do grupo de cidadãos independentes nesta caminhada até dia 1 de Outubro.

Preencha os seus dados em baixo

Eu Quero Ajudar

×

Quer ser voluntário na campanha de Rui Moreira?
Indique-nos a sua disponibilidade e será contactado.

Preencha os seus dados em baixo

Eu Quero Doar

×

Quer participar financeiramente para esta campanha?
Envie-nos os seus dados e entraremos em contacto consigo para lhe explicarmos como pode fazê-lo.

Preencha os seus dados em baixo

Eu Quero Falar

×

Dê a cara pelo seu Porto. Grave um vídeo com a sua opinião (pode ser com o seu telemóvel), carregue-o no Youtube ou Vimeo e envie-nos o link, depois de nos deixar os seus dados. Ao fazê-lo, autoriza a candidatura a usar partes ou o todo para publicação no site e redes sociais. Para falar com o Porto é por aqui.

Preencha os seus dados em baixo