17 Agosto, 2017

“Fim das portagens na CREP é uma justa reclamação do Porto e dos municípios vizinhos junto do Estado central”, diz Rui Moreira

Num Conversas à Porto especial sobre o trânsito na cidade que, esta tarde de Agosto, recebeu casa cheia na sede de campanha da candidatura independente, Rui Moreira, candidato à Câmara Municipal, afirmou que está nas mãos do governo a resolução de uma boa parte do problema de excesso de tráfego que o Porto, actualmente, enfrenta. Por isso, apela ao Estado central que deixe de portajar a circular que envolve a cidade, cessando um erro que, acredita, foi cometido em 2009, quando foi lançada a CREP segundo a lógica utilizador-pagador. Na sua opinião, esta deve ser uma reclamação concertada entre todas as forças políticas locais, uma vez que o impacto negativo no trânsito devido a estas portagens se alastra aos municípios vizinhos.

Ler Artigo Completo

Partilhar

A Conversa à Porto sobre os problemas de trânsito na cidade, feita entre Rui Moreira, candidato independente à presidência da autarquia portuense, o Professor Álvaro Costa, um dos maiores especialistas nacionais em matéria de transportes e mobilidade, conduziu a várias conclusões.

Do ponto de vista da análise macro do problema, a solução mais evidente, acredita Rui Moreira, resolve-se com o fim das portagens da CREP. Sob a forma de “reclamação justa” dirigida ao governo, o candidato do Movimento Independente, propõe mesmo um compromisso pós-eleitoral entre o município do Porto e os municípios vizinhos. Em suma, um acordo entre todas as forças políticas locais, responsáveis por não deixar o assunto esmorecer junto do Estado central.

De acordo com os últimos dados, a VCI regista um tráfego superior de 250 mil veículos por dia. Deste número, estima-se que cerca de 200 mil automóveis aproveitem esta via apenas como atravessamento da cidade. O que significa que, boa parte destes 200 mil veículos poderiam utilizar a CREP, trazendo à cidade maior fluidez no trânsito e, simultaneamente, reduzindo a pegada ecológica. Sem as portagens na circular, o cenário seria, definitivamente outro, acredita o candidato independente à Câmara do Porto.

Não estando ao alcance da governação local a resolução deste problema, Rui Moreira já lançou o repto ao governo. “Um consenso alargado entre todas as forças políticas locais”, na justa medida de que as portagens da CREP prejudicam não só o trânsito da cidade do Porto, mas também os seus municípios vizinhos.

Esteja a par das novidades
do nosso Porto nas redes

O meu Partido
é o Porto

×

Eu Quero Ir

×

Quer ser convidado para as acções de campanha de Rui Moreira?
Faça parte do grupo de cidadãos independentes nesta caminhada até dia 1 de Outubro.

Preencha os seus dados em baixo

Eu Quero Ajudar

×

Quer ser voluntário na campanha de Rui Moreira?
Indique-nos a sua disponibilidade e será contactado.

Preencha os seus dados em baixo

Eu Quero Doar

×

Quer participar financeiramente para esta campanha?
Envie-nos os seus dados e entraremos em contacto consigo para lhe explicarmos como pode fazê-lo.

Preencha os seus dados em baixo

Eu Quero Falar

×

Dê a cara pelo seu Porto. Grave um vídeo com a sua opinião (pode ser com o seu telemóvel), carregue-o no Youtube ou Vimeo e envie-nos o link, depois de nos deixar os seus dados. Ao fazê-lo, autoriza a candidatura a usar partes ou o todo para publicação no site e redes sociais. Para falar com o Porto é por aqui.

Preencha os seus dados em baixo