28 Junho, 2017

Feira do Livro do Porto reúne mais de 250 mil pessoas por ano

O ano de 2014 foi ano de vida nova para a Feira do Livro do Porto. Com organização integralmente assumida e custeada pela Câmara do Porto contam-se já três edições consecutivas da Feira do Livro nos jardins do Palácio de Cristal, espaço que acolhe novamente o certame após vários anos de afastamento. Em marcha está a programação da edição 2017, que regressa em Setembro à Avenida das Tílias, homenageando a escritora Sophia de Mello Breyner.

Ler Artigo Completo

Partilhar

Para trás, ficou o diferendo entre a Associação Portuguesa de Editores e Livreiros e a autarquia, que inviabilizou a concretização do certame em 2013. Um ano de interregno que serviu para amadurecer a estratégia da “nova” Feira do Livro do Porto e convocar para o debate todos os intervenientes no processo.

Em 2014, o Presidente da Câmara do Porto e o seu antigo vereador da Cultura, Paulo Cunha e Silva, selaram um novo rumo para a Feira do Livro, quando publicamente assumiram que a autarquia estava em condições de liderar a organização do evento. Hoje, após três anos consecutivos deste novo programa de Feira do Livro, o balanço que Rui Moreira faz é positivo. “Esta era a feira que queríamos ter, onde queríamos ter e quando queríamos ter. Mas era um modelo novo, aberto a todos e não concentrado apenas no aspecto comercial da feira”, proferiu a propósito da última edição do evento, que contabilizou mais de 250 mil visitantes, 131 pavilhões e 89 entidades envolvidas.

Assente numa programação diversificada, que integra actividades de animação sociocultural dirigidas a famílias nos jardins do Palácio de Cristal e na Biblioteca Almeida Garrett, exposições que decorrem na Galeria Municipal, debates literários, um ciclo de cinema e várias sessões de spoken word, a maturação do novo projecto da Feira do Livro é hoje uma constatação.

Em 2016, editores, livreiros, alfarrabistas e jovens promotores com projectos diferenciadores apresentaram-se em stands mais funcionais, beneficiando também da alteração do horário, que proporcionou uma maior afluência de público (a feira passou a abrir todos os dias à hora de almoço e a encerrar mais cedo durante a semana), e das melhorias nos acessos, com intervenções ao nível do piso da Avenida das Tílias.

Até Julho, decorrem as inscrições para Feira do Livro 2017. O regresso está marcado entre os dias 1 e 17 de Setembro. A figura central desta edição será a escritora, poetisa e portuense Sophia de Mello Breyner, personalidade eternamente ligada à cidade que o certame decide homenagear.

Esteja a par das novidades
do nosso Porto nas redes

O meu Partido
é o Porto

×

Eu Quero Ir

×

Quer ser convidado para as acções de campanha de Rui Moreira?
Faça parte do grupo de cidadãos independentes nesta caminhada até dia 1 de Outubro.

Preencha os seus dados em baixo

Eu Quero Ajudar

×

Quer ser voluntário na campanha de Rui Moreira?
Indique-nos a sua disponibilidade e será contactado.

Preencha os seus dados em baixo

Eu Quero Doar

×

Quer participar financeiramente para esta campanha?
Envie-nos os seus dados e entraremos em contacto consigo para lhe explicarmos como pode fazê-lo.

Preencha os seus dados em baixo

Eu Quero Falar

×

Dê a cara pelo seu Porto. Grave um vídeo com a sua opinião (pode ser com o seu telemóvel), carregue-o no Youtube ou Vimeo e envie-nos o link, depois de nos deixar os seus dados. Ao fazê-lo, autoriza a candidatura a usar partes ou o todo para publicação no site e redes sociais. Para falar com o Porto é por aqui.

Preencha os seus dados em baixo